sexta-feira, 14 de agosto de 2015

BANDA DE CAJATI FORMANDO CIDADÃO



A Banda Marcial Municipal de Cajati, sancionada na LEI Nº 463/01
durante esses anos, vêm alcançando um reconhecimento do público e da crítica. O sucesso se faz não só pelo repertório, mas também pelo aspecto visual: uniforme, alinhamento, postura e atitude dos músicos e bailarinas..
Já marcou presença em diversas cidades participação em festivais representando o município e sempre bem elogiada por onde passa.
São os principais objetivos:
A proposta, além de integrar e socializar os alunos por meio de participações em festivais e eventos, realizados em Cajati e região, é também desenvolver princípios de solidariedade, amizade e cooperação entre os componentes.
Para Atingir os objetivos requer dedicação ensaios, estudo , aulas coletivas e individuais.
Musicalizar pessoas sejam crianças, adolescentes, jovens e idosos é uma tarefa que exige trabalho que não é feita por qualquer pessoa .
Gostaria de Parabenizar a todos aos alunos primeiramente aos instrutores Educador Musical, Maestros, coreografa pelo belo trabalho que fazemos a anos..

Uma Cidade com Banda é uma cidade privilegiada pensem nisso .
E deixar um convite para todos que venham prestigiar conhecer e até mesmo participar .

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

INTERCEMENT LANÇA PROJETO SOCIAL EM CAJATI



Aconteceu nesta terça(11)  no Clube Colina o Lançamento do Instituto InterCement / Cajati/Sp.
batizado de  instrumento de apoio a sustentabilidade e ações sociais do município,

terça-feira, 11 de agosto de 2015

http://convencao.projetopassarela.com/pre-selecao-curitiba

POPULAÇÃO DE PARIQUERA, CHAMAM TAIPA NEWS PARA DENUNCIAR DESCASO


HISTORIADOR MINEIRO GARANTE: PRIMEIRA CIDADE DO BRASIL FOI CANANÉIA E NÃO SÃO VICENTE



O mineiro Idolo de Carvalho é apaixonado pela pesquisa histórica e pela cidade que escolheu para viver, há mais de 20 anos: a pequena Cananéia, na divisa do litoral de São Paulo com o Paraná. E foi lá que ele decidiu pesquisar um personagem histórico que poucos já ouviram falar: o português Cosme Fernandes, o Mestre Bacharel, que, segundo ele (e todos na cidade), foi o primeiro colonizador a se estabelecer em solo brasileiro, o que também tornaria Cananéia o primeiro povoado do Brasil — antes mesmo de o país ser oficialmente “descoberto”, em 1500. A questão virou tema de um livro que Idolo escreveu e que ele aqui comenta, rapidamente.
1 – Aprendemos errado na escola? 
“De certa forma, sim. Porque foi em Cananéia que se estabeleceu o primeiro povoado do país, bem antes de Martim Afonso “fundar” São Vicente, em 1532. A própria Secretaria da Cultura de São Paulo admite isso, ao afirmar que Cananéia foi “criada” em 1531. Mas o fato é que desde 1498 já havia um “povoado” na região de Cananéia, com a chegada do primeiro homem branco a se estabelecer no nosso país, o português Cosme Fernandes, o Mestre Bacharel, como se tornaria conhecido. Ele veio para cá na expedição secreta e exploratória de Duarte Pacheco e ali foi deixado como “marco humano” português, a fim de preestabelecer o limite sul do Tratado de Tordesilhas. Portanto, Cananéia existe desde antes de o Brasil ter sido oficialmente “descoberto”, o que a torna ainda mais histórica. Mas São Vicente sempre teve mais força política e levou a fama”.
2 – O que comprova isso?
“Os próprios registros históricos, embora exista certa lacuna de informações sobre o Brasil no período compreendido entre o seu real descobrimento e a fundação de São Vicente, justamente quando Mestre Bacharel mais atuou por aqui. No Padrão dos Descobrimentos, em Lisboa, está gravado, no mármore, uma referência a Cananéia, o que deixa evidente a sua importância na época. Oficialmente, no entanto, a História registrou que Bacharel só veio para cá na expedição de Gonçalo Coelho, de 1501, porque Portugal não poderia admitir que já sabia da existência do Brasil antes de Cabral “descobrir” o nosso país, obviamente. E isso também fez com que Cananéia fosse ignorada na sua real relevância histórica. Mas, na cidade, isso é ensinado até nas escolas e ela é classificada, sem nenhuma dúvida, como o primeiro povoado do Brasil”.
3 – Quem foi este Bacharel que a história ignorou?
“Mestre Bacharel foi um degradado português, que aqui virou uma espécie de rei entre os índios, porque, além de branco, tinha recursos que eles desconheciam. Tornou- se, então, temido e respeitado. E aproveitou-se disso para ficar rico e poderoso, criando um exército de nativos, capturando ouro e explorando aquele trecho do litoral brasileiro. Foi ele quem também estabeleceu o primeiro povoado no que é hoje São Vicente, depois de fazer o mesmo em Cananéia. Quando Martim Afonso chegou lá, o Bacharel já havia criado uma comunidade. Mas pouco se sabe sobre ele, até porque o grande incêndio de Lisboa queimou boa parte dos arquivos históricos. Ao que tudo indica, morreu aqui mesmo. Em Iguape, existe o Outeiro do Bacharel e lá, até hoje, se celebra uma missa em homenagem a ele. Mas, no fundo, ele foi um grande aproveitador”

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Informe Publicitario
CELSO PEDE AMBULANCIA A DEPUTADO DO PR


Importante liderança do Partido da República em Cajati, o vereador Celso da Ambulância, acompanhado pelo amigo Sr. Mendes, veio pedir minha intercessão no sentido de que sejam destinados recursos do Governo do Estado de São Paulo para a área da Saúde no município. Na oportunidade, ele comentou sobre as dificuldades no atendimento aos pacientes e a necessidade de recursos para esta área tão importante. Por isso, vou batalhar para conseguir as melhorias que os munícipes tanto anseiam. Obrigado pela visita e conte comigo

domingo, 26 de julho de 2015


Portal do Cidadão

No sitio deste Tribunal de Contas é possível conferir o resultado dos Pareceres atinentes às Contas de Prefeitura e os Julgamentos referentes às Câmaras Municipais, todos relativos ao exercício de 2010, indicando os motivos que fundamentaram as decisões desfavoráveis.Siga o link: http://www4.tce.sp.
WWW.PORTALDOCIDADAO.TCE.SP.GOV.BR

http://http://www.portaldocidadao.tce.sp.gov.br//







quinta-feira, 23 de julho de 2015

ALIADOS DO PMDB MIGRAM PARA OUTROS PARTIDOS







O partido do Movimento Democrático Brasileiro ( PMDB), liderado pelo lendário politico Marino de Lima, Prefeito de três mandatos e Presidente da Câmara pelo Município de Jacupiranga-SP, tem sentido seus aliados e amigos que chamava-os de grupo se debandarem para o lado oposto, abandonando aquilo que sempre defenderam.Nesta reportagem queremos ouvi-lo e saber qual o motivo dessa migração e como ele analisa, se ele se sente traído. Enfim, nossa redação enviou um questionário e aguardamos sua resposta.

Marino De Lima Lima Caro Luiz e demais amigos do face, sempre tive uma linha de conduta.
Sempre defendendo a moralidade e a dignidade. Não tenho nada contra a administração bem como o atual prefeito municipal, sou oposição ao atual prefeito e se eu não for candidato nosso
 grupo terá um candidato a prefeito em 2016.
Menos aliança com o atual administração pois defendo um governo participativo a onde atinge toda a sociedade. 
Jamais aliança com tucano.